Dicas de lanches e refeições pré e pós-treino

Alimentar-se bem, cuidando dos nutrientes que são incorporados ao seu organismo, é muito importante, estando ou não em treinamento físico. São eles que farão seu organismo se manter saudável e protegido contra eventuais problemas.
Quando o atleta está em treinamento, a alimentação deve ser vista com ainda mais cuidado, pois ela poderá melhorar ou piorar o desempenho físico. Portanto, os alimentos que são inseridos na dieta, especialmente antes e depois do treino, irão ser de fundamental importância.
Entre os nutrientes que devem estar nas refeições dos atletas, os carboidratos e as proteínas são os mais vistos. Cada um destes tem um valor, o que é visto durante o treinamento.
Os carboidratos são a principal fonte de energia do corpo. Eles podem ser divididos em dois grupos: os carboidratos complexos e os carboidratos simples. Os carboidratos complexos são quebrados mais lentamente no organismo, não liberando energia muito rapidamente. Já os carboidratos simples dão energia quase que instantaneamente.
Cada um desses carboidratos pode ser usado de uma maneira: os simples, que dão energia rapidamente, podem ser usados antes dos exercícios, dando energia para desempenhar as atividades; já os complexos, podem ser adicionados à alimentação em um período de baixa atividade, ou de exercícios mais longos, como corridas de longa distância, principalmente por manter o corpo com energia por um tempo maior.
Já as proteínas são as principais fontes de construção muscular. A maioria dos atletas consome uma grande quantidade desse nutriente. Ele é responsável por fazer com que as células musculares se multipliquem, aumentando os músculos. Dessa forma, a proteína pode ser adicionada a qualquer hora e em qualquer refeição, contudo são mais eficientes quando os músculos estão se refazendo, depois dos treinos que causam pequenas lesões nas fibras musculares.
Para conseguir todos os benefícios desses nutrientes, é possível adicioná-los a certas horas do dia, melhorando ainda mais sua performance nos períodos de treinamento. Vamos ver alguns exemplos de lanches que podem ser feitos antes e depois da musculação:
Para treinos de musculação, escolha alimentos leves, porém que darão energia por muito tempo. Pode-se mesclar alimentos com carboidrato simples, que darão energia instantânea, com carboidratos complexos, que irão manter seu corpo com energia por mais tempo.
O ideal é comer esses lanches 40 minutos antes de iniciar os exercícios físicos, primeiro pelo tempo de digestão para que esses alimentos ingeridos possam fornecer energia e nutrientes durante o treino e também para não passar por nenhum incomodo durante os exercícios por estar de “barriga cheia”.

1 comentários:

Bom apetite e um bom treino!

24 de setembro de 2013 17:31 comment-delete

Postar um comentário